Em meio a polêmicas, Trump indica diretor de Inteligência

SÃO PAULO, 7 JAN (ANSA) - O presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, indicou neste sábado (7) o ex-senador Dan Coats para ser seu diretor das agências de Inteligência do país.   

O nome, no entanto, precisa ser ratificado pelo Senado.   

Coats é um ex-soldado do Exército (1966 a 1968) e já foi embaixador norte-americano na Alemanha entre os anos de 2011 e 2015. Ele também já atuou pelo estado de Indiana na Câmara dos Representantes.   

"Estou muito convencido que o senador Dan Coats é a escolha adequada para ser Diretor de Inteligência Nacional", destacou o magnata.   

A escolha do nome para guiar os serviços de Inteligência ocorre em um momento delicado. Nas últimas semanas, Trump vem rebatendo os serviços por causa de relatórios que apontam que o governo russo interferiu no resultado das eleições dos EUA.   

Para tentar aliviar um pouco a tensão, o presidente eleito afirmou que é um "grande fã" da Inteligência norte-americana, mas o clima incerteza sobre o que Trump quer do setor em seu mandato é cada vez maior. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos