Há 10 anos, Steve Jobs apresentava o iPhone ao mundo

ROMA, 08 JAN (ANSA) - Telefone, leitor de música, dispositivo para acessar a internet, videogame, agenda e câmera fotográfica.   


Foi juntando todas essas funções em um só objeto que Steve Jobs, um dos empresários mais influentes do mundo, deu "à luz" o precursor de todos os smartphones: o iPhone. A apresentação que mudou os rumos dos celulares aconteceu no dia 9 de janeiro de 2007, em São Francisco, quando a Apple lançou um aparelho sem teclado de botões, substituído pelo hoje comum iTouch. O primeiro modelo do iPhone se chamava "2G", ou "Edge", e tinha um display pequeno comparado aos atuais. Mas, na época, era considerado tecnologia "de ponta". O dispositivo chegou ao mercado norte-americano em 29 de junho de 2007 e, somente no primeiro dia, 525 mil unidades foram vendidas. No fim do mesmo ano, o "queridinho" de Jobs estreou no Reino Unido, na França, na Itália e, a partir daí, no mundo todo. Já se passaram 10 anos da estreia do produto mais rentável da história da Apple, e ele continua sendo o responsável por dois terços de sua receita anual. E apesar de muitas críticas, o iPhone e seu design minimalista, com um software exclusivo, não só sobreviveram aos anos, como continuam sendo febre global.   


(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos