Itália deflagra operação e prende suspeito de terrorismo

ROMA, 10 JAN (ANSA) - A polícia italiana deflagrou na manhã desta terça-feira (10) uma operação antiterrorismo na região do Lazio, no centro do país, que terminou com a prisão de uma pessoa, de acordo com fontes locais. O detido seria suspeito de filiação com o movimento Ansar al-Sharia, organização terrorista que atua na Líbia e é ligada à rede Al-Qaeda.   

O caso está sob poder da Divisão de Investigações Gerais e Operações Especiais (Digos) de Roma e foi batizado de "Black Flag". As autoridades italianas darão mais detalhes da operação em uma coletiva de imprensa ainda hoje. Histórico - No dia 23 de dezembro, a polícia de Milão matou o autor do atentado terrorista contra o mercado de Natal de Berlim, na Alemanha. O tunisiano Anis Amri tinha lançado um caminhão contra o público da feira na noite de 19 de dezembro, provocando 12 mortos e 48 feridos. Ele foi morto a tiros por dois policiais de Milão durante uma blitz de rotina. Os agentes não sabiam que se tratava do suspeito de terrorismo, que foi identificado somente depois da troca de tiros. O caso gerou repercussão na Europa e na Itália sobre a capacidade de conter terroristas e de evitar que eles se desloquem pelo continente. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos