Prefeita de Paris intensifica 'guerra' contra os carros

Em São Paulo

  • Jacques Brinon/AP

    A torre Eiffel é fotografada em meio à poluição em Paris

    A torre Eiffel é fotografada em meio à poluição em Paris

A prefeita de Paris, Anne Hidalgo, revelou um plano do governo para restringir ainda mais a circulação de carros pela capital francesa e fazer com que os pedestres tomem mais as ruas da "cidade luz".   

O plano é continuar e intensificar o fechamento de ruas ao longo das margens do rio Sena, medida que foi adotada no Verão do ano passado quando Paris enfrentou uma intensa onda de poluição do ar, e abrir mais caminhos para pedestres, ciclistas e pessoas que se locomovem por meios não poluentes.   

Em uma entrevista no dia 8 de janeiro ao "Journal du Dimache", Hidalgo destacou que quer "cortar pela metade o número de carros privados poluentes" de Paris para que as pessoas possam "reconquistar os espaços públicos".   

Uma das novidades da cidade seria a criação da linha apelidada de "Olímpica", em uma homenagem à tentativa da cidade ser sede dos Jogos de 2024, que teria um trem elétrico e não poluente. Um dos pontos mais polêmicos, seriam as mudanças para restringir o tráfego nos dois sentidos em uma das principais vias parisienses: a rue de Rivoli.   

Segundo Hidalgo, essas medidas "são para as futuras gerações" terem um planeta melhor na questão das mudanças climáticas, que são "iminentes". "Paris tem carros demais", sentencia a prefeita.   

As declarações da líder parisiense enfureceram sindicatos de motoristas, como táxis, que criticam as atitudes de Hidalgo. No entanto, ela afirmou que não está preocupada com isso e que esse processo já começou.   

"A pedestrianização do centro da cidade começou. A ideia é ir, passo após passo, para toda a pedestrianização do centro. As vias continuarão abertas para carros que pertencem aos moradores locais, para a polícia, para os serviços de emergência e para entregas, mas não para todo mundo. Nós dissemos claramente que nossa meta é uma significativa redução no tráfego de carros como todas as grandes cidades estão fazendo", completou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber as principais notícias do dia de graça pelo Facebook Messenger? Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos