Governo italiano passará a cobrar ingresso para Pantheon

ROMA, 11 JAN (ANSA) - O Pantheon é um grande símbolo histórico e turístico de Roma que recebe todos os anos milhões de visitantes. E uma das coisas que mais atraem os italianos e outros turistas a conhecerem o local, além da sua importância artística e beleza arquitetônica, é que a entrada ao espaço é gratuita. No entanto, isso pode mudar em breve.   


De acordo com o ministro de Bens Culturais da Itália, Dario Franceschini, "até ao final deste mandato, para visitar o Pantheon se pagará um ingresso, talvez baixo".   


O italiano disse que, a cada ano, cerca de 7 milhões de pessoas visitam o monumento e que por isso, colocar em vigor um bilhete para a entrada ajudará a cobrir as despesas de manutenção e de gestão do espaço.   


Com esse novo "recurso poderão ser feitas intervenções na estrutura" do edifício, que "poderá contribuir ao fundo de solidariedade, como fazem o Coliseu e todos os outros museus, chegando ao 20%" do que for obtido, afirmou Franceschini.   


No entanto, colocar em vigor essa nova medida não será tão fácil. O motivo é que o ponto turístico também é um lugar de culto. Sobre isso, o ministro disse que "estamos em um ponto avançado nas conversas com a Igreja" e que é importante "dividir a visita dos turistas, que será paga, com as celebrações para os fieis". Franceschini ressaltou que exitem outras igrejas e templos no país que já fazem essa divisão com sucesso. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos