Mudanças climáticas e polarização devem dar o tom em Davos

ROMA, 12 JAN (ANSA) - O relatório Global Risks Report 2017, que será apresentado na próxima semana no Fórum Econômico Mundial de Davos, destaca que a economia mundial da próxima década será moldada pelas mudanças climáticas, pela desigualdade de renda e pelas polarizações sociais.   

"São as maiores três tendências que darão forma ao desenvolvimento global na próxima década, perante as quais é urgente uma ação colaborativa dos líderes mundiais para derrotar futuras dificuldades e volatilidades", diz o documento elaborado por 750 especialistas.   

Mesmo com os passos adiante dados contra as mudanças climáticas em 2016, com a ratificação do Acordo sobre o Clima de Paris, também assinado pelos maiores poluidores do mundo Estados Unidos e China, "as mudanças políticas na Europa e na América do Norte colocam em risco esse processo", diz a responsável pelo evento, Margareta Drzeniek-Hanouz.   

"Anos de construção sob pressão em muitas partes do mundo, desde a última crise financeira global, cristalizaram-se em dramáticos resultados políticos durante 2016. No Ocidente, as expectativas de consenso foram desafiadas pela decisão do Reino Unido de deixar a União Europeia, pela vitória do presidente eleito Donald Trump e pela rejeição dos italianos à reforma constitucional de Matteo Renzi", escreve o relatório.   

O texto ainda destaca o papel proeminente que as desigualdades e as "fraturas sociais", com uma particular conexão entre as altas taxas de desemprego e as "profundas instabilidades sociais", terão no desenvolvimento de economias em todos os países do globo.   

O documento ainda lista os "cinco pontos-chave" que precisarão da atenção global na próxima década: "promover uma maior solidariedade e um pensamento de longo prazo no capitalismo de mercado, revitalizar o crescimento econômico global, reconhecer a importância da identidade e a inclusão política de comunidades saudáveis, mitigar os riscos e explorar as oportunidades da Quarta Revolução Industrial e fortalecer nossos sistemas de cooperação global".   

As maneiras para enfrentar esses riscos serão debatidas por líderes mundiais em Davos, entre os dais 17 e 20 de janeiro, que terá como foco o tema "Liderança preparada e responsável".   

(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos