Contra o frio, igreja de Roma abre as portas para sem-teto

CIDADE DO VATICANO, 13 JAN (ANSA) - A igreja de San Callisto (São Calisto), situada no bairro boêmio de Trastevere, em Roma, abriu suas portas para abrigar moradores de rua durante a noite.   

A iniciativa é promovida pela Esmolaria Apostólica, órgão responsável pelas obras de caridade do papa Francisco, e tem como objetivo proteger sem-teto da onda de frio que atinge a Itália desde os primeiros dias do ano.   

Administrada pela Comunidade de Santo Egídio, a igreja é de propriedade da Santa Sé e foi construída sobre o poço onde teria ocorrido o martírio do papa Calisto I, morto no ano de 222 durante uma revolta popular.   

As portas do templo cristão começaram a ser abertas durante a noite no último sábado, 7 de janeiro, e a iniciativa continuará enquanto perdurarem as baixas temperaturas em Roma. A igreja tem abrigado cerca de 30 moradores de rua por dia, entre italianos e estrangeiros.   

No local, eles também ganham camas, cobertores, alimentação e produtos de higiene. Os hóspedes deixam a igreja de San Callisto sempre por volta de 8h da manhã. No fim de semana passado, o papa Francisco fez um apelo em nome dos sem-teto e ordenou que os abrigos do Vaticano ficassem abertos 24 horas por conta da onda de mau tempo.   

Desde a semana passada, pelo menos quatro pessoas morreram na Itália devido às baixas temperaturas, incluindo três moradores de rua. Nesta sexta-feira (13), o frio atinge sobretudo o norte do país, com nevascas em Veneza, Milão, Bolzano e na cordilheira das Dolomitas. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos