História dos principais objetos 'Made in Italy' vira livro

ROMA, 16 JAN (ANSA) - A Itália é conhecida no mundo todo por alguns objetos icônicos e que por si só contam a história da gastronomia, da indústria e de diversas particularidades italianas. Agora, os produtos "Made in Italy" mais famosos foram reunidos pela comunicadora Francesca Molteni no livro "Icone d'imprensa.   


Gli oggetti che hanno fatto grande l'industria italiana" ("Ícones de negócios. Os objetos que fizeram a indústria italiana grande", em tradução livre).   


Desde as motocicletas Vespa, do grupo Piaggio, até as sodas da Campari, a Itália também se tornou conhecida pelo mundo pelo seu produtos típicos que marcaram épocas e viraram símbolos do país.   


Publicado pela editora Carocci, o livro conta através da linha do tempo a história dos objetos que entraram para o imaginário coletivo dos italianos graças a seus desenhos, originalidade ou, simplesmente, porque são símbolos da época em que foram lançados. "Filhos da indústria nacional, de grandes visões ou de objetivos menores, e também de sacrifícios, riscos, sorte e em alguns casos, de fracassos", diz Molteni sobre a seleção de itens escolhidos.   


"Este livro pode ser considerado como a biografia do produto, como se tratasse de um personagem, para mostrar o que é que há por trás de uma grande invenção, que a faz acompanhar dia após dia a vida das pessoas. E que são objetos tão belos que podiam ser uma obra de arte", destaca Molteni. São muitos os casos em que a arte se mesclou com a indústria. A garrafinha da Campari soda foi idealizada, por exemplo, nos anos de 1930 por Fortunato Depero, artista que fez parte do movimento futurista. Enquanto em 1950, Pietro Barilla encarregou Erberto Carboni, arquiteto e designer italiano, ao cargo criativo da empresa de pasta: ali nasceu o pacote azul e amarelo que perdura até hoje na embalagem do produto. Outro marco industrial do país é a Vespa, que colocou "asas" nos pés de milhões de italianos após a destruição da Segunda Guerra Mundial. A apresentação dos primeiros 15 modelos da Vespa aconteceu em abril de 1946, em Roma. A criação do engenheiro Corradino D'Ascanio, seguindo as ideias do então presidente da Piaggio, Enrico Piaggio, revolucionou o transporte da época, com a scooter de baixo custo, mas que representava muito bem a elegância da cultura italiana. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos