Campanário de Amatrice não resiste a novos tremores e desaba

ROMA, 18 JAN (ANSA) - Seriamente danificado pelo terremoto do último dia 24 de agosto, o campanário da igreja de Sant'Agostino, em Amatrice, não resistiu aos tremores desta quarta-feira (18) e desabou definitivamente.   

Construído no século 15, o templo cristão era um dos símbolos dessa cidade histórica do centro da Itália, mas grande parte dele foi destruída no ano passado, após o sismo que deixou 299 mortos no coração do país, a maioria deles em Amatrice. O campanário era uma das únicas partes a permanecer de pé.   

"Não sei se fizemos algo de errado. Dois metros de neve e agora outro terremoto. O que devo dizer? Não tenho palavras", lamentou o prefeito do município, Sergio Pirozzi. Além dos novos tremores desta quarta-feira, Amatrice enfrenta uma intensa onda de frio e ainda abriga dezenas de desalojados pelo sismo de 24 de agosto.   

A cidade fica na região do Lazio, a 140 km de Roma, e é conhecida pelo molho à matriciana e pela produção de seus dois principais ingredientes, queijo pecorino e guanciale, ícones da gastronomia italiana. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos