China pede aos EUA que proíba Taiwan na posse de Trump

PEQUIM, 18 JAN (ANSA) - A China pediu ao governo dos Estados Unidos que não permita que uma delegação de Taiwan participe da cerimônia de posse do presidente eleito Donald Trump no dia 20 de janeiro.   

A porta-voz do Ministério das Relações Exteriores, Hua Chunying, informou que enviou o pedido formal aos EUA nesta quarta-feira (18) solicitando que o grupo liderado pelo ex-premier Yu Shyi-kun, que já está em visita ao país, seja recebido de maneira formal.   

Chunying alertou que Washington "não deve ter nenhuma forma de contato oficial com Taiwan" e que a "posição da China foi extremamente e inequivocavelmente informada à administração norte-americana e ao time de Trump". Segundo a representante, qualquer "violação" desse pedido pode "interferir ou ameaçar as relações" entre os dois países.   

Trump já irritou Pequim em dezembro do ano passado ao aceitar um telefonema de felicitações da presidente do país, Tsai Ing-wen, que pôs fim a um "silêncio" de mais de 40 anos entre as duas nações. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos