Irônica, Lagarde questiona plano econômico de Donald Trump

DAVOS, 18 JAN (ANSA) - A diretora do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde, ironizou nesta quarta-feira (18) as pretensões econômicas de Donald Trump à frente da Presidência dos Estados Unidos.   

"Não quero comentar sobre as políticas do presidente eleito. Não temos informações detalhadas sobre seu programa.. se é que existe um programa", disse Lagarde ao responder a uma pergunta sobre o que esperava do governo do magnata.   

A resposta arrancou risadas do público que estava em um dos painéis do Fórum Econômico Mundial de Davos que debatia a "crise" da classe média mundial.   

Ao falar sobre a situação do mundo atual, Lagarde destacou que esse é momento para que os líderes políticos "repensem profundamente as políticas econômicas e monetárias perante à clara resposta de protesto e decepção da classe média - que chega com os resultados políticos nos Estados Unidos ou na Europa".   

Para ela, essa insatisfação "provavelmente" significa que é preciso pensar em como fazer uma "maior redistribuição de renda" no mundo e que reformas estruturais são necessárias em todos os países do globo. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos