Cães de hotel atingido por avalanche na Itália se salvam

ROMA, 20 JAN (ANSA) - Lupo e Nuvola, os dois cachorros mascotes do Hotel Ridopiano, localizado em Farindola, na província italiana de Pescara, e que foi atingido na noite da última quarta-feira (18) por uma avalanche, conseguiram se salvar do incidente.   

A notícia foi divulgada pela italiana Martina Rossi, que trabalhava no bar do hotel desde o início do mês, no seu Facebook. Em pouco tempo, a sua publicação já havia recebido mais de 1,3 mil comentários, 16 mil curtidas e outros 5,5 mil compartilhamentos.   

"Lupo e Nuvola, nascidos e crescidos no Hotel Rigopiano, não sei como, conseguiram a chegar ao meu distrito, uma fração de Farindola (Villa Cupoli), sãos e salvos. Isso não pode, obviamente, preencher o vazio e a destruição que atravessa um país de joelhos [mas] ainda esperançoso, na espera de notícias positivas. Mas estes dois belíssimos cães certamente conseguiram fazer com que o meu coração voltasse a bater, ao menos por alguns segundos, trazendo-me novamente a esperança", escreveu a funcionária.   

Outra publicação na rede social, desta vez do Ente Nacional para a Proteção dos Animais (Enpa), confirmou que os cães, da raça pastor maremano abruzês, típico da Itália, se salvaram e que agora eles estão com Patrizia, uma amiga do dono do Hotel Ridopiano. Os cachorros estão juntos com a filha de Nuvem, Marghotta, que foi dada a Patrizia há seis meses pelo empresário.   

Mesmo com a alegria da notícia, os italianos estão esperando para saber se os filhotes dos cães, que estavam no hotel quando a avalanche aconteceu, também conseguiram se salvar. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos