Itália registra mais duas vítimas dos terremotos e da neve

ROMA, 20 JAN (ANSA) - Socorristas encontraram nesta quinta-feira (20) mais duas vítimas fatais da série de terremotos que atingiu o país na última quarta-feira.   

O primeiro corpo encontrado é de um idoso que morava em Ortolano, bairro de Campotosto, na província de Áquila, região de Abruzzo, após dois dias de buscas. O homem havia fugido de casa, ao lado do irmão, por causa dos tremores, mas ambos foram atingidos por uma avalanche.   

O irmão da vítima conseguiu sobreviver e ajudou os membros da Defesa Civil e da Guarda de Finanças a localizar o corpo.   

Já em Poggio Umbricchio, bairro de Crognaleto, na província de Teramano, também em Abruzzo, foi encontrado o corpo do jovem Mattia Martinelli, 23 anos, que estava desaparecido desde ontem.   

Os bombeiros locais ainda procuram pelo pai do jovem, Claudio Martinelli, 50.   

Segundo informações dos familiares, os dois sumiram nesta quinta-feira (20), quando saíram de casa para comprar uma pizza.   

Os dois, provavelmente, também foram vítimas de uma avalanche.   

Com isso, sobe para sete o número de vítimas fatais da série de terremotos que atingiu o país no dia 18. Além dos dois, o corpo de um idoso de 83 anos foi encontrado sob os escombros de um pequeno prédio em Castel Castagna, na província de Teramo, ainda na quarta-feira.   

As outras quatro vítimas estavam no hotel Rigopiano, em Farindola, na província de Pescara, que foi destruído por uma avalanche na quarta-feira. Estima-se que entre 25 e 30 pessoas ainda estejam soterradas na estrutura que restou do hotel.   

(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos