Balotelli denuncia racismo da torcida do Bastia

ROMA, 21 JAN (ANSA) - O atacante italiano Mario Balotelli, que atua pelo Nice, da França, fez um desabafo em seu Instagram por conta das ofensas racistas sofridas durante o clássico da última sexta-feira (20) contra o rival Bastia, encerrado em 1 a 1.   


Já alvo de preconceito na Itália e na Inglaterra, Balotelli disse que a torcida adversária passou o jogo inteiro fazendo barulho de macaco quando ele pegava na bola. "Eu tenho uma pergunta ao povo francês: é normal que os torcedores do Bastia façam som de macaco e 'uh uh' durante toda a partida e ninguém da comissão disciplinar diga nada? Então o racismo é legalizado na França? Ou só em Bastia? Uma verdadeira vergonha", escreveu.   


O clube fica na ilha da Córsega, que abriga movimentos separatistas, e tem o Nice como maior rival, protagonizando o "Dérbi do Mediterrâneo". Balotelli tem sido um dos destaques da equipe da Côte d'Azur, que lidera o Campeonato Francês. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos