Casa Branca garante que site em espanhol não foi excluído

WASHINGTON, 23 JAN (ANSA) - Depois da polêmica gerada após a versão em espanhol do site da Casa Branca ser deletada, o porta-voz da Casa Branca, Sean Spicer, disse nesta segunda-feira (23) que a página passa apenas por uma mudança.   

"Começamos a trabalhar desde o primeiro dia. Estamos trabalhando duro no site, e nossos técnicos estão responsáveis. Só vai demorar um pouco de tempo ainda", afirmou o porta-voz da Casa Branca, Sean Spicer, durante coletiva de imprensa.   

Pouco tempo depois de o novo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, tomar posse, a página em espanhol www.whitehouse.gov/espanol foi retirada do ar. Aos que tentam acessá-la aparece a mensagem "Sorry, the page you're looking for can't be found" ("Desculpe, a página que você está procurando não pode ser encontrada").   

Além do site, o novo governo também determinou o fechamento de outros canais de comunicação em espanhol, como a conta @LaCasaBlanca no Twitter e a página do Facebook. Durante sua campanha eleitoral, o magnata republicano fez vários comentários polêmicos com críticas ao uso do idioma nos Estados Unidos. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos