Destroços de avião que levava Teori são içados em Paraty

SÃO PAULO, 23 JAN (ANSA) - O avião que caiu em Paraty na noite da última quinta-feira, dia 19, e causou a morte do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Teori Zavascki, de 68 anos, e de mais quatro pessoas, foi retirado do mar neste domingo (22).   


O guindaste que foi usado para içar a aeronave chegou no local por voltas das 18h em uma balsa e começou a erguer os destroços às 20h. O que sobrou do Beechcraft C90GT King Air será levado para Angra dos Reis, a aproximadamente 50 quilômetros do local.   


A data para isso, no entanto, ainda não foi anunciada.   


Da cidade, os destroços irão em uma carreta para a Base Aérea do Galeão, onde a Aeronáutica fará uma perícia no terceiro Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Seripa III). No içamento, militares da Marinha e da Aeronáutica ajudaram nos trabalhos.   


A retirada do avião, no entanto, foi realizada pela empresa proprietária dele, o Grupo Emiliano, que contratou uma companhia especializada para isso, a AGS Logística. O içamento deveria ter acontecido até sábado, mas foi decidido que a empresa dona da aeronave deveria ser a responsável pelo processo e seus custos.   


(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos