Farnesina abre palácio para 'tour cultural'

ROMA, 24 JAN (ANSA) - O Palazzo della Farnesina, sede do Ministério das Relações Exteriores da Itália, vai abrir às portas ao público para um "tour cultural" a partir de 27 de janeiro.   


Com duração de 60 minutos, o percurso prevê a passagem pelas principais obras de arte contemporânea conservadas nas salas do local. A visita, que poderá ser feita em toda última sexta-feira do mês, é gratuita. Por exigência de segurança, cada grupo visitante deve ter no máximo 20 pessoas. A coleção Farnesina foi criada em 2000 por uma iniciativa do então secretário-geral do embaixador Umberto Vattani para enfatizar as diretrizes de design do Ministério, o que o fez tornar um acervo importante de arte contemporânea.   


Entre os artistas mais famosos encontrados na Farnesina estão Kounellis, Novelli, Vedova, Pistoletto, Mauri, Alviani, Marini, Martini, Dorazio, Accardi, Sanfilippo, Spalletti, Merz, Rotella, Fioroni, Maselli, Varisco, Garutti, Galliani, Tirelli, Nunzio, Favelli, Ruffo e Pietrella.   


"Estamos muito orgulhosos da colaboração com o Ministério para a abertura aos visitantes do Palácio da Farnesina. Uma atribuição de prestígio que é confiada a nós, e nos permite dar aos italianos e turistas uma parte significativa do nosso patrimônio", disse Franco Iseppi, presidente da ONG Touring Club Italiano.   


A visita deve ser agendada com antecedência pelo site do Ministério: www.collezionefarnesina.esteri.it. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos