Bolt perde ouro olímpico por doping de companheiro

LAUSANNE, 25 JAN (ANSA) - Dono de nove medalhas de ouro olímpicas, o velocista jamaicano Usain Bolt perdeu uma delas por causa de seu conterrâneo Nesta Carter, pego no exame antidoping.   


O anúncio foi feito nesta quarta-feira (25), pelo Comitê Olímpico Internacional (COI), confirmando que Carter testou positivo para a substância metilexamina nas Olimpíadas de 2008, em Pequim.   


Uma das provas disputadas pelo jamaicano foi o revezamento 4x100, quando a equipe também formada por Bolt, Michael Frater e Asafa Powell faturou o ouro. Com o doping, o país foi desclassificado pelo COI e perdeu a medalha.   


Sendo assim, Trinidad e Tobago, que haviam ficado com a prata, herdaram o ouro, e o Japão subiu para o segundo lugar do pódio.   


O Brasil, que terminara em quarto, ganhou o bronze. A equipe era formada por Vicente Lenílson, Sandro Viana, Bruno Lins e José Carlos Moreira.   


Nos Jogos Rio 2016, Bolt havia conquistado o tricampeonato olímpico em três provas diferentes, 100m rasos, 200m rasos e revezamento 4x100, mas o feito histórico deixou de valer por conta do doping de Carter. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos