Itália homenageia Manolo Blahnik por 45 anos de carreira

ROMA, 27 JAN (ANSA) - Por Gioia Giudici - "Eu não ligo para o dinheiro, eu faço o meu trabalho com uma alegria intensa porque eu gosto". Foi com essa frase que um dos mais famosos designers de sapatos do mundo, Manolo Blahnik, inaugurou a exposição "Manolo Blahnik - The art of Shoes" ("A arte dos Sapatos", em tradução livre), no Palazzo Morando, em Milão, na Itália.   


Embora seja o homem que todas as mulheres gostariam de ter em seus pés, o estilista rejeita categoricamente a definição de que suas criações sejam obras de arte. "Minhas criações seriam arte? Na melhor das hipóteses podemos falar de arte aplicada".   


Com 212 modelos e 80 desenhos e fotos, a mostra vai trazer um pouco sobre os 45 anos de carreira de um dos estilistas mais conceituados no mundo da moda.   


Voltando a falar sobre trabalho, o que o mantém longe de casa há seis meses, Blahnik diz que "minha missão é vender bem, mas que me dê prazer", ressaltando que o mercado é menor do que seus pensamentos, já que é dividido entre a pura criatividade e a vida na fábrica.   


Blahnik começou a trabalhar em 1971, mas o sucesso mundial veio após o seriado "Sex and the City", graças à paixão desenfreada por sapatos da personagem Carrie Bradshaw, interpretada por Sarah Jessica Parker.   


"Depois de 25 anos de trabalho, "Sex and the City' me apresentou aos que ainda não eram meus clientes. Sou muito grato , mas hoje em dias os tempos mudaram, a estrutura social mudou, o mundo não é mais um lugar tão grande", afirma.   


O espanhol, de 74 anos, estreia sua primeira mostra na Itália com sapatos visionários e influenciados pelas esculturas grego-romanas, inclusive com algumas peças que expõem a arte e a cultura italiana.   


"Eu gosto de sapatos exagerados, cheios de joias, bijuterias. É um exercício de criatividade, mas agora eu mudei para saltos baixos porque eu amo a mudança e saltos baixos são um modo difícil para transmitir a feminilidade", ressalta Blahnik.   


Na exposição, que acontece até 9 de abril, há ainda sapatos dedicados aos personagens históricos e contemporâneos que inspiraram ou tiveram um papel fundamental na vida de Blahnik como Alessandro Magno, Brigitte Bardot, Anna Piaggi, diretora da Vogue Itália, Pablo Picasso, Francisco de Goya, entre outros.   


(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos