Eataly tem plano para entrar na Bolsa em 2018, diz fundador

TURIM, 29 JAN (ANSA) - O fundador do Eataly, Oscar Farinetti, disse que a marca deve entrar no mercado de ações em breve durante as celebrações pelos 10 anos de fundação da rede gastronômica.   


"Uma coisa é certa, Eataly será listado. Não acredito neste ano, é difícil, mas é muito provável em 2018. Somos a única empresa global que lida com a base alimentar e temos o dever de oferecer uma parte das nossas ações aos cidadãos italianos", destacou Farinetti.   


O império gastronômico criado por Farinetti completa 10 anos em 2016 com 37 unidades espalhadas pelo mundo, sendo 22 na Itália e 15 no exterior - incluindo o Brasil - com 157 restaurantes onde 23 mil pessoas comem por dia. São cerca de 25 milhões de visitantes por ano, com a contratação de 5,5 mil pessoas e a exportação pela primeira vez de 8.846 produtos.   


"Estamos trabalhando para ir pelo mundo na China, na Índia e no extremo Oriente e queremos fazer isso bem. Estamos presentes em 12 países e o nosso objetivo é estar em todas as 194 nações do mundo", ressaltou Farinetti.   


"Na Itália, investiremos 100 milhões de euros no Fico Eataly World, em Bolonha, o parque temático sobre a excelência agroalimentar que abriremos no dia 4 de outubro. Trata-se de uma construção em 100 mil metros quadrados, com 40 oficinas de produção, 25 restaurantes, 14 salas de aula, seis grandes passeios e dois hectares dedicados ao cultivo", disse ainda o fundador do Eataly. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos