Após medida polêmica, EUA permite entrada de 872 refugiados

WASHINGTON, 31 JAN (ANSA) - O governo do presidente Donald Trump fará uma exceção temporária da proibição da entrada de refugiados nos Estados Unidos e irá permitir a entrada de 872 pessoas nestas condições que já estavam prontas para chegar ao país e cujo banimento causaria "dificuldades injustificáveis" para elas.   

A declaração foi feita por Kevin McAleenan, responsável pelo controle das fronteiras dos EUA. Os refugiados deverão chegar ao país ainda nesta semana. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos