Empresário italiano é assassinado na Costa Rica

BARI, 1 FEV (ANSA) - O empresário italiano Vincenzo Costanzo, 52 anos, foi encontrado morto em San José, na Costa Rica, informaram familiares do empreendedor à ANSA nesta quarta-feira (1).   

O corpo foi encontrado já em estado de decomposição em uma área periférica da capital costarriquenha. O reconhecimento do cadáver foi possível por causa das tatuagens que Costanzo tinha pelo corpo, um dragão e um sol.   

O Ministério das Relações Exteriores da Itália confirmou a morte do empresário e informou que está em contato com a família para prestar todo tipo de assistência.   

Costanzo estava desaparecido desde o dia 24 de janeiro e havia viajado de volta ao país da América Central após negociar, a partir de Milão, a venda de um terreno de 17 hectares na ilha de Cébaco, no Panamá. O empresário era dono de 60% do terreno, estimado em alguns milhões de euros.   

Ele morava com os dois filhos e a esposa há cerca de 25 anos na Costa Rica e tinha ido a Itália, segundo o relato de alguns amigos, após um italiano conhecido o ter colocado em contato com pessoas interessadas em comprar o terreno. O negócio deveria ter sido fechado no dia 25 de janeiro em Milão. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos