UE chega a acordo para abolir tarifas telefônicas de roaming

ROMA, 1 FEV (ANSA) - As tarifas de roaming em chamadas internacionais serão abolidas na União Europeia a partir de junho, graças a um acordo alcançado entre as as três instituições locais, o Parlamento Europeu, o Conselho Europeu e a Comissão Europeia.   

O tratado foi alcançado informalmente durante esta madrugada (1), após negociações sobre os preços aplicados entre as operadoras e por seus adicionais em serviços de roaming. Cada país ainda precisa ratificar o texto. Serão modificadas as tarifas europeias para que as operadoras possam oferecer o serviço de roaming sem aumentar os custos de telefonemas nacionais. A partir do dia 15 de junho, o preço limite para o serviço de dados cairá de 50 euros por Gigabyte a 7,7/GB, e continuará sendo reduzido em etapas. Em 1 de janeiro de 2018, o teto será de 6 euros por Giga, enquanto, em 1 de janeiro de 2022, a previsão é de que chegue a 2,5 euros por Giga. O valor limite é mais baixo que o inicialmente proposto pela Comissão Europeia, de 8,5 euros por Giga, mas permitirá que as operadoras invistam mais em redes 5G, explicaram os organismos europeus. "A partir de 15 de junho, os europeus poderão viajar dentro da UE sem tarifas de roaming, enquanto as operadoras poderão continuar oferecendo serviços e ofertas atrativas em seus mercados nacionais", disse o comissário para Assuntos Digitais da UE, Andrus Ansip. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos