Prefeitura dá parecer desfavorável contra estádio da Roma

ROMA, 02 FEV (ANSA) - O projeto para a construção do novo estádio da Roma, que tem inauguração prevista para 2019, recebeu um parecer desfavorável da Prefeitura da "cidade eterna", comandada por Virginia Raggi, do partido antissistema Movimento 5 Estrelas (M5S).   


Segundo relatório entregue pelo poder municipal ao governo da Região do Lazio, onde fica Roma, foram constatadas "criticidades" em relação à "segurança viária e hidráulica" e "carência" de estacionamentos, viabilidade, transporte público e documentos.   


"Da análise da documentação, constatou-se que o projeto definitivo em questão resulta não idôneo", diz o parecer.   


Durante a campanha que a levou à Prefeitura, no ano passado, Raggi já havia manifestado dúvidas sobre o estádio da Roma, principalmente em relação a um eventual aumento da especulação imobiliária.   


No relatório enviado à Região do Lazio, a Prefeitura pede mudanças no projeto para autorizar o início das obras. A arena será levantada no bairro de Tor di Valle, na zona sul da capital italiana, e terá capacidade para 60 mil pessoas.   


O projeto também prevê uma área de entretenimento com lojas, restaurantes e espaço para eventos. Atualmente, a Roma divide o Estádio Olímpico com sua maior rival, a Lazio. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos