Juiz bloqueia ordem de Trump que impede entrada de imigrante

ROMA, 4 FEV (ANSA) - O juiz federal de Seattle James Robart ordenou, em caráter temporário nesta sexta-feira (4), a suspensão da decisão emitida pelo presidente Donald Trump de proibir a entrada de refugiados e imigrantes muçulmanos de sete países.   

O decreto foi bloqueado temporariamente, enquanto Robart estuda um recurso de amparo apresentado pelo procurador-geral do estado de Washington, Bob Ferguson."A Constrituição prevaleceu hoje.   

Ninguém está acima da lei, nem mesmo o presidente", disse Ferguson Em comunicado, o porta-voz da Casa Branca, Sean Spicer, afirmou que o governo "fará uma suspensão de emergência desta ordem ultrajante e defenderá a ordem executiva do presidente, que acreditamos ser legal e apropriada".   

"A ordem do presidente tem a intenção de proteger a pátria e ele tem a autoridade constitucional e a responsabilidade de proteger o povo americano", acrescenta a nota.   

A proibição para que refugiados e cidadãos de nações muçulmanas ingressem nos Estados Unidos foi assinada na última sexta-feira (27), por meio de uma ordem executiva, pelo presidente Donald Trump. Na ocasião, o veto provocou caos em vários aeroportos norte-americanos por causa das filas. Centenas de pessoas lotaram áreas de desembarque para protestas e manifestações legais foram registradas em todo o país.   

A ordem de Robart representa um grande desafio para a administração do magnata, que terá de apelas para um tribunal superior. No entanto, o Departamento de Justiça não tomou nenhuma decisão imediata sobre um recurso. "O Departamento espera rever a ordem escrita do tribunal e determinará os próximos passos", disse em comunicado. Durante a campanha presidencial, Trump havia prometido uma política de "veto extremo", para assegurar que só entrem nos Estados Unidos pessoas que "apoiem o país". Esta decisão tem causado um mal-estar diplomático e críticas de líderes mundiais.   

(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos