Nova apresentadora revela 'tensão' para apresentar Sanremo

SANREMO, 6 FEV (ANSA) - Na véspera da abertura da 67ª edição do Festival de Sanremo, o mais tradicional concurso musical da Itália, a nova apresentadora do evento, Maria De Filippi, mostrou toda a ansiedade e a tensão para estrear no evento.   


"Estou descontrolada, transtornada, não estou acostumada a fazer cinco 'prime time' na sequência. Para dizer, nós já ensaiamos até a final. Estou aprendendo tanto e tenho terror em pensar em errar", disse De Filippi em coletiva de imprensa nesta segunda-feira (6).   


O festival, que ocorre entre os dias 7 e 11 de fevereiro no Teatro Ariston, terá como apresentador também o diretor artístico do festival, Carlo Conti, que apresenta o evento há três anos. Durante os questionamentos dos jornalistas, De Filippi aproveitou para afastar qualquer possibilidade de desentendimento entre os dois e de que irá substituir Conti no futuro.   


"Nunca pensei em conduzir Sanremo sozinha em toda a minha vida.   


Também por isso pedi para que os textos sejam escritos 'apresenta Carlo Conti com Maria De Filippi'. Não acho que exista um público de Carlo e um de Maria. Existe um público que segue determinados programas e não aumenta se há dois apresentadores juntos", acrescentou.   


A italiana ainda elogiou a postura de Conti nos ensaios e disse que ao lado do apresentador "está serena". "Carlo é parecido comigo. Está me ajudando como um irmão e não perde tempo com fofocas inúteis", ressaltou.   


A nova apresentadora também brincou com o fato de ser "seguida" por fotógrafos por onde quer que anda e disse que está se policiando "para não usar sempre os mesmos sapatos e os mesmos jeans" que costuma usar.   


Por sua vez, Conti se reservou a anunciar algumas novidades para o Festival de Sanremo. Para o júri de especialistas, o apresentador divulgou que o produtor musical Giorgio Moroder será o presidente do júri e que Linus, Andrea Morricone, Rita Pavone, Paolo Genovese, Violante Placido, Greta Menchi e Giorgia Surina estarão no grupo de avaliadores.   


O diretor artístico ainda confirmou mais uma atração para o evento, o DJ alemão Robin Schulz está entre os convidados e vai animar uma das noites do concurso. Além de Schulz, já foram confirmadas as presenças de Ricky Martin, Tiziano Ferro, Stevie Wonder, Alvaro Soler, Robbie Williams, Mika, Ed Sheeran, Clean Bandit e Rang'n'Bone.   


- Segurança: Durante a coletiva, também foram anunciadas as medidas de segurança que serão adotadas durante o Festival de Sanremo. Entre as novidades, está o uso inédito de um drone para monitorar a situação "do alto". Antes do uso do equipamento, um helicóptero ficava à disposição para sobrevoar o local.   


"O drone sobrevoará o Ariston para atingir uma centena de metros de altura e transmitir imagens remotas", infomou o chefe da polícia da província de Imperia (onde fica a cidade de Sanremo), Leopoldo Laricchia.   


Além do drone, o esquema de segurança contará com 274 câmeras de vigilância controladas remotamente - contra as 120 utilizadas em 2016 - e terá ainda "homens câmera", que farão rondas ao redor do teatro. Assim, será retomada a "zona vermelha" do Ariston para monitoramento e checagem Os ingressos também contarão com um código de barras que enviará informações sobre os compradores para a central de monitoramento. Um funcionário checará ainda a correspondência entre quem entra e a reserva de um lugar dentro do teatro.   


(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos