Temer indica Alexandre de Moraes para vaga de Teori no STF

SÃO PAULO, 06 JAN (ANSA) - O porta-voz da Presidência da República, Alexandre Parola, confirmou nesta segunda-feira (6) a indicação do ministro da Justiça Alexandre de Moraes para a vaga de Teori Zavascki, morto em um acidente aéreo, no Supremo Tribunal Federal (STF).   


A nomeação já era especulada havia alguns dias, mas foi confirmada apenas agora pelo governo de Michel Temer. Filiado ao PSDB, Moraes, de 49 anos, foi secretário de Segurança Pública de São Paulo entre 2015 e 2016, no mandato de Geraldo Alckmin.   


Antes disso, foi membro do Conselho Nacional de Justiça e secretário de Justiça de São Paulo, estado onde também trabalhou como promotor do Ministério Público. Ele ainda será sabatinado pela Comissão de Constituição e Justiça do Senado e submetido a votação em plenário. Se for aprovado, poderá ocupar uma cadeira no STF até completar 75 anos.   


Seu curto período no governo Temer foi marcado pela prisão de suspeitos de ligação com o terrorismo antes dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro e pela crise no sistema penitenciário, que apenas neste início de ano já provocou rebeliões em diversos estados do Norte e do Nordeste.   


Quando ainda era advogado, Moraes atuou em processos envolvendo a cooperativa de transportes Transcooper, investigada por suspeita de lavagem de dinheiro do Primeiro Comando da Capital (PCC). Seu escritório renunciou a esses casos quando ele passou para a esfera pública. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos