Acordo deve liberar uso de serviços online na União Europeia

BRUXELAS, 8 FEV (ANSA) - Após negociações, o Parlamento Europeu, os Estados-Membros e a Comissão Europeia vão permitir que os consumidores acessem serviços online como Netflix ou Spotify quando viajarem para outros países do bloco a partir de 2018.   

A maioria do conteúdo online é inacessível quando um assinante visitava o exterior, devido a uma técnica chamada de bloqueio por geolocalização para proteger os direitos autorais. Com essa medida, o cidadão vai poder assisitir filmes, jogos, programas de entretenimento, ouvir música e até jogar games.   

Segundo o vice-presidente da comissão responsável pelo mercado único digital, Andrus Ansip, "qualquer um que contratou um serviço para assistir o seu programa favorito, ouvir música ou assistir a eventos esportivos em casa poderá fazer o mesmo quando viajar na Europa".   

Para evitar a utilização indevida e o uso ilegal das novas possibilidades oferecidas aos usuários, as novas regras irão permitir que os prestadores se adaptem a medidas "razoáveis e proporcionais" para efetuarem adequadamente os controles de privacidade. "O acordo é mais um passo nos esforços da União Europeia para derrubar as barreira no mercado único digital", acrescentou Ansip.   

A decisão de permitir o acesso a assinaturas de serviços online em outros países do bloco acontece após a UE ter aceitado abolir as cobranças pelo serviço de roaming no uso de aparelhos móveis.   

(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos