Malásia prende 4º suspeito por assassinato de Kim Jong-nam

PEQUIM, 18 FEV (ANSA) - A polícia da Malásia prendeu uma quarta pessoa suspeita de ligação com o assassinato de Kim Jong-nam, irmão do ditador da Coreia do Norte, Kim Jong-un. O homem detido portava um passaporte norte-coreano. Duas mulheres, uma vietnamita e uma indonésia, e o namorado desta, também indonésio, já tinham sido presos ao longo da semana. Kim Jong-nam, de 45 anos, foi encontrado morto na última segunda-feira (13), no aeroporto internacional de Kuala Lumpur.   

A suspeita é que de o norte-coreano tenha sido envenenado com um spray de cianeto e que as mulheres detidas sejam espiãs.   

Kim Jong-nam era o filho mais velho de Kim Jong-il e chegou a ser cotado como sucessor do líder norte-coreano (1994-2011), mas nunca demonstrou interesse na política. Ele, inclusive, fez críticas ao regime de governo atual do seu irmão. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos