Colômbia vive dia histórico com deposição de armas das Farc

BOGOTÁ, 1 MAR (ANSA) - Considerado um "dia histórico" pelo presidente Juan Manuel Santos, começou nesta quarta-feira (1) a entrega de armas dos guerrilheiros das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc).   

"Hoje é um dia histórico para o país. As Farc dizem adeus às armas para mudar da violência para a reconciliação. A paz avança", escreveu o mandatário no Twitter. O desarmamento das Farc é um dos pontos previstos no acordo de paz assinado entre o governo e o grupo guerrilheiro, colocado em vigor no ano passado, após quatro anos. O mecanismo prevê que, a partir de hoje e ao longo de uma semana, as Farc entreguem 30% de suas metralhadoras, fuzis e pistolas, assim como suas bombas e explosivos, elementos que serão destruídos imediatamente. Os outros 70% das armas serão entregues até junho. O recolhimento será feito por delegados das Nações Unidas que acompanham o processo de paz e ficarão responsáveis por guardar todas as armas até que elas sejam destruídas. Para isso, a ONU colocou conteiners em cada um dos 26 pontos na Colômbia onde se alojam cerca de sete mil guerrilheiros das Farc. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos