Parlamento da UE quer exigir visto de cidadãos dos EUA

BRUXELAS, 03 MAR (ANSA) - O Parlamento Europeu aprovou na última quinta-feira (2) uma resolução que pede para a Comissão Europeia reintroduzir temporariamente a exigência de visto para cidadãos dos Estados Unidos.   

O argumento para a solicitação é de que as autoridades norte-americanas cobram visto de moradores de cinco Estados-membros da União Europeia: Bulgária, Chipre, Croácia, Polônia e Romênia.   

Em abril de 2014, a Comissão, que é o poder Executivo da UE, já havia sido notificada de que cinco países (Austrália, Brunei, Canadá, EUA e Japão) não estavam cumprindo suas obrigações de reciprocidade na questão dos vistos. Com base nas regras europeias, o órgão teria dois anos para reintroduzir a exigência temporária para cidadãos dessas nações.   

Desde então, Austrália, Brunei e Japão derrubaram a obrigatoriedade de visto para cidadãos da UE, enquanto o Canadá adotará a mesma medida em dezembro. Sobraram apenas os Estados Unidos. Em sua resolução, o Parlamento Europeu pede para a Comissão tomar medidas legais "dentro de dois meses".   

Contudo, o poder Executivo respondeu que sua abordagem está baseada na "diplomacia", citando o exemplo do Canadá.   

"Continuaremos nossas discussões com os Estados Unidos de modo construtivo", afirmou nesta sexta-feira (3) a porta-voz da Comissão Europeia, Margaritis Schinas.   

A polêmica ganha força em um momento de tensão entre o governo do republicano Donald Trump e as autoridades de Bruxelas.   

Isolacionista, o mandatário norte-americano já elogiou o processo de saída do Reino Unido da UE e disse que outros países poderiam seguir pelo mesmo caminho. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos