Vaticano conclui fase para canonização de Oscar Romero

CIDADE DO VATICANO, 2 MAR (ANSA) - A Igreja Católica salvadorenha anunciou nesta quinta-feira (2) que enviará ao Vaticano os resultados das investigações sobre a "possível cura" atribuída ao mártir de San Salvador, o monsenhor Oscar Arnulfo Romero. Em nota, a Arquidiocese de San Salvador informou que a conclusão da investigação, da qual não revelou os resultados, aconteceu na última terça-feira (28).   

Entre os documentos que serão enviados consta uma cópia do exame clínico de Cecilia Maribel Flores, beneficiada por um "presumível milagre" atribuido à intercessão de dom Romero, que é atestado pelo Instituto Salvadorenho do Seguro Social. Romero, que foi arcebispo de San Salvador, nasceu em 15 de agosto de 1917 e foi assassinado, durante uma missa, em 24 de março de 1980 por esquadrões da morte que atuavam no país.   

"Romero foi assassinado porque ele amava os pobres, seguindo o exemplo de seu Mestre, Jesus de Nazaré. Ele emprestou sua voz para o profeta, e lhe dedicou a sua vida", afirmaram os bispos de El Salvador Em 23 de maio de 2015, o arcebispo foi beatificado em San Salvador. Durante suas homilias, ele denunciava os ataques da segurança contra a população civil, além de outras violações dos direitos humanos por parte do governo militar. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos