Casa Branca nega encontro de Trump com embaixador russo

WASHINGTON, 8 MAR (ANSA) - A Casa Branca negou nesta terça-feira (7) que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, se encontrou com o embaixador da Rússia em Washington, Sergey Kislak, durante sua campanha presidencial.   

Segundo a imprensa local, o encontro teria acontecido no dia 27 de abril de 2016 por ocasião de um discurso do candidato republicano no hotel Mayflower de Washington. No entanto, a Casa Branca informou que "não lembra" disto.   

Na ocasião, a presença do embaixador russo no evento de Trump foi noticiada pelo jornal "Wall Street Journal", que ressaltou que o magnata estava no hotel para realizar um discurso sobre política externa.   

Por sua vez, a embaixada russa não emitiu comentários ao ser questionada sobre o caso.   

Recentemente, o assessor de Segurança Nacional de Trump, Michael Flynn, foi obrigado a renunciar após a revelação de que suas reuniões com o embaixador russo foram omitidas. Além disso, o procurador-geral Jeff Sessions foi acusado de manter contato com Moscou.   

Atualmente, o Departamento de Justiça dos Estados Unidos investiga uma suposta interferência russa na eleição do ano passado, quando o Kremlin teria patrocinado hackers para vazarem informações confidenciais do partido Democrata e prejudicar Hillary Clinton. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos