Região italiana soma 2 mil locais danificados por terremotos

ANCONA, 14 MAR (ANSA) - A região de Marcas, no centro da Itália, divulgou nesta terça-feira (14) um balanço que contabiliza 2.001 estruturas públicas danificadas pela série de terremotos iniciada no último dia 24 de agosto.   

Por conta disso, o governo local pediu 1,7 bilhão de euros para financiar as obras de reconstrução, embora os números ainda possam aumentar nas próximas semanas. O balanço inclui hospitais, sedes municipais, ginásios, museus, teatros, universidades, igrejas, cemitérios e até estradas.   

Só não fazem parte as escolas, que estão reunidas em um plano à parte do governo italiano. A série de terremotos no centro do país atingiu sobretudo as regiões de Abruzzo, Lazio e Úmbria, além de Marcas, e provocou 333 mortes e 23 bilhões de euros em danos. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos