Chineses voltam a atrasar pagamento pela compra do Milan

MILÃO, 16 MAR (ANSA) - A "novela" da venda do Milan para um grupo de investidores chineses ganhou mais um capítulo: a holding Sino-Europe Sports atrasou o pagamento de uma terceira parcela de 100 milhões de euros, que deveria ter sido quitada até esta quinta-feira (16), e aumentou as dúvidas em torno da negociação.   


Até o momento, a Fininvest, holding de Silvio Berlusconi e controladora do clube, já recebeu 200 milhões de euros em adiantamento, mas os 540 milhões restantes deviam ter sido pagos até o último dia 3 de março - o valor total da transação é de 740 milhões de euros, mais 200 milhões para cobrir dívidas.   


Como os chineses não conseguiram juntar o dinheiro necessário até aquela data, Berlusconi concordou em prorrogar o prazo final para 7 de abril, desde que os compradores desembolsassem uma parcela de 100 milhões de euros até esta quinta, o que não aconteceu.   


Segundo fontes próximas às negociações, a Fininvest aceitou adiar o pagamento da terceira fatia para o início da semana que vem, mas manteve a conclusão da transação agendada para 7 de abril. Se a Sino-Europe Sports não levantar o montante necessário, Berlusconi poderá desistir do acordo e ficar com o dinheiro já recebido.   


A holding chinesa é comandada pelo empresário Yonghong Li, que tem um enxuto currículo como homem de negócios. Já o Milan é presidido por Berlusconi há mais de 30 anos, período no qual viveu sua era mais vitoriosa, com cinco títulos de Liga dos Campeões, oito no Campeonato Italiano, um na Copa da Itália e três no Mundial de Clubes.   


Contudo, as últimas temporadas têm sido difíceis para o time rossonero, que perdeu poder de investimento e luta apenas por posições intermediárias na Série A. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos