Brasileiro ganha prêmio científico e pode concorrer ao Nobel

SÃO PAULO, 29 MAR (ANSA) - Um professor brasileiro foi um dos sete vencedores do Prêmio Gairdner, a premiação científica mais importante do Canadá cujos ganhadores são considerados potenciais candidatos ao prêmio Nobel.   

Com 65 anos e décadas de carreira bem-sucedida, o professor Cesar Victora, da Universidade de Pelotas (UFPel), venceu o título na categoria de Saúde Global pela sua extensa pesquisa sobre amamentação e nutrição de recém-nascidos. Desde a década de 1980, o brasileiro liderou uma ampla pesquisa que foi considerada super inovadora para a alimentação dos bebês. Segundo ela, com a amamentação materna exclusiva da criança nos seus primeiros seis meses de vida, o risco de morte por diarreia diminui 14 vezes e por doenças respiratórias, 3,6 vezes. Essa descoberta foi tão importante em níveis internacionais que vários países além do Brasil começaram a adotar os conselhos de Victora e até a Organização Mundial da Saúde passou a recomendar que as crianças sejam exclusivamente amamentadas com leite materno nos primeiros meses de vida. Já os outros seis vencedores do Prêmio Gairdner foram Rino Rappuoli (especialista em genética), David Julius (pesquisador de somatossensação), Huda Y. Zoghbi (estudiosa na Síndrome de Rett), Akira Endo (por estudos de sobre colesterol), Lewis E.   

Kay (por pesquisas sobre ressonância magnética nuclear), Antoine M. Hakim (por avanços sobre prevenção de derrames). (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos