Ex-primeira dama do RJ passa para regime de prisão domiciliar

SÃO PAULO, 29 MAR (ANSA) - A 7ª Vara do Criminal do Rio de Janeiro autorizou a mudança de regime carcerário para Adriana Ancelmo, ex-mulher do ex-governador do Rio Sergio Cabral. Por volta das 18h45 desta quarta-feira (29), Ancelmo deixou a penitenciária em Bangu para ir até seu apartamento no Leblon.   


Lá, ela não poderá ter acesso a telefones e internet e a residência passou por uma vistoria da Polícia Federal.   


Ancelmo e Cabral foram presos no dia 17 de dezembro do ano passado na Operação Calicute e são acusados de corrupção passiva e lavagem de dinheiro. O ex-governador já tem centenas de processos abertos pelo Ministério Público e continua preso em Bangu. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos