Casa Branca 'culpa' Obama por suposto ataque químico de Assad

WASHINGTON, 04 ABR (ANSA) - A Casa Branca condenou o suposto ataque químico atribuído ao regime do presidente da Síria, Bashar al Assad, e afirmou que o episódio pode ser atribuído ao governo anterior, do democrata Barack Obama.   

Segundo o porta-voz Sean Spicer, o antecessor de Donald Trump não fez nada quando Assad cruzou a chamada "linha vermelha", ou seja, o uso de armas químicas. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos