Atingida por terremoto, L'Aquila será reconstruída até 2022

ÁQUILA, 5 ABR (ANSA) - Considerada uma das maiores tragédias enfrentada pela Itália, o terremoto da cidade de L'Aquila, na Itália, completa oito anos nesta quinta-feira (6). Por ocasião da data, o escritório responsável pela reconstrução da região divulgou que acredita que a cidade fique totalmente reformada em 2022. No entanto, o centro histórico e suas principais localidades serão reconstruídas até 2020.   

O valor total solicitado para entregar o projeto concluído foi de 8,33 bilhões de euros, enquanto que o valor pago pelo governo foi de 4,9 bilhões. O montante em falta é, portanto, de 2,70 bilhões de euros, sendo que a falta da verba atinge 54% das obras do centro e 84% dos subúrbios.   

Em relação a reconstrução pública, o valor financiado desde 2009 foi de 1,99 bilhões, enquanto o valor pago foi de 1,31 bilhões de euros. De acordo com o escritório, os valores a serem financiados para a conclusão da reconstrução pública "estão em fase de investigação".   

A cidade de Áquila foi atingida por um tremor de 6,3 graus na escala Richter no dia 6 de abril de 2009. O forte tremor devastou a região e causou a morte de 309 pessoas, mais de 1,6 mil feridos e mais de 80 mil desabrigados. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos