Clube espanhol Eldense pode ter vendido resultados de 5 jogos

ROMA, 5 ABR (ANSA) - O clube espanhol Eldense, envolvido em um escândalo de manipulação de resultados, pode ter vendido cinco partidas da terceira divisão, informou nesta quarta-feira (5) a emissora "Cadena Cope", citando fontes ligadas ao processo.   


Além da derrota por 12 a 0 contra o Barcelona B, denunciada por um dos jogadores da equipe já rebaixada para a quarta divisão, as partidas contra o Villarreal B (derrota por 4 a 0 no dia 18 de fevereiro ), contra o Atlético Baleares (derrota por 5 a 0 no dia 5 de março), contra o Cornella (derrota por 3 a 1 no dia 19 de março) e contra o Gavá (derrota por 1 a 0 no dia 26 de março) também teriam sido manipuladas.   


Os jogos teriam sido vendidos, de acordo com o jornal "Mundo Deportivo", por valores entre 200 mil e 500 mil euros, sendo que cada jogador envolvido ganhava cerca de 60 mil por resultado entregue.   


Nesta terça-feira (4), o italiano Nobile Capuani, que representa o grupo de investidores italianos que gere o Eldense, os treinadores Filippo Vito di Pierro e Fran Ruiz, e os jogadores Mikey Fernández, Alessandro Zanier e Nico Cháfer foram presos pela polícia de Elda suspeitos de participarem do esquema.   


O jornal "El Confidencial" divulgou que os resultados teriam sido combinados por Capuani com expoentes da máfia italiana 'ndrangheta. O grupo mafioso já foi acusado de cometer o mesmo crime de manipulação em partidas da Liga Pro (3ª divisão) e da Série D do futebol italiano. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos