Itália celebra 'Carbonara Day' com polêmica sobre receita

ROMA, 5 ABR (ANSA) - "Guanciale sim, panceta não, muito menos bacon". "Pecorino sim, queijo parmesão não". "Óleo e clara de ovo, bem como alho e cebola". São esses os principais questionamentos sobre a preparação do tradicional prato romano e mais amado pelos italianos: o macarrão à carbonara, que serão debatidos no "Carbonara Day" celebrado nesta quinta-feira (6), na Itália. Em um evento organizado no Twitter pela Organização Internacional da Pasta (Ipo) e pela Associação das Indústrias de doces e celulose (Aidepi), bloggers, chefs, jornalistas e todos simpatizantes de culinária poderão participar da discussão usando a hashtag #carbonaraday.   


Considerado umas das receitas mais controvérsias e imitada do mundo, a original, para os italianos, é feita com espaguete, cebola, bacon, queijo e ovo cru. Os ingredientes devem ser preparados e misturados separadamente para se chegar ao verdadeiro carbonara.   


No entanto, na Inglaterra, o ovo é substituído pelo molho, enquanto no Japão é adicionado pão no lugar do queijo. No ano passado, um canal de vídeos francês que ensina receitas famosas causou indignação entre os italianos porque fizeram uma adaptação do tradicional prato. Segundo a versão francesa, a massa poderia ser feita colocando para cozinhar, em apenas uma panela, macarrão do tipo farfalle, junto com cebola e bacon.   


Posteriormente, seria adicionado o queijo e o ovo cru. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos