Itália traz 'experiências' de turismo com evento em São Paulo

Por Luciana Ribeiro SÃO PAULO, 6 ABR (ANSA) - A Agência Nacional Italiana de Turismo (Enit, na sigla em italiano) promoveu na noite desta quarta-feira (5) um evento em São Paulo para "mostrar alguns dos produtos mais sonhados pelos turistas que vão à Itália".   


A experiência explorou as principais riquezas culturais do país, como a gastronomia, música, moda e pontos turísticos. Além disso, o evento contou com a presença da diretora de marketing digital da Enit em Roma, Roberta Milano, do vice-cônsul da Itália em São Paulo, Simone Panfili, e da diretora da agência no Brasil, Fernanda Morici Longobardo.   


De acordo com Panfili, "esses eventos são muito importantes porque são uma ligação especial entre Itália e Brasil. "A gente vê que há milhões de visitantes descendentes de italianos que cada dia mais querem conhecer sobre as próprias origens", disse.   


Com o evento, a Enit tentou ressaltar o estilo de vida italiano para atrair potenciais fluxos turísticos para o país, aproveitando sua excelência na cultura e as inúmeras oportunidades oferecidas ao turismo com destinos espetaculares e únicos no mundo.   


"Nós quisemos transformar essa noite em uma praça italiana. O italiano gosta de tomar seu aperitivo, encontrar seus amigos, tomar seu café, estar com sua família", ressaltou Longobardo.   


Para a diretora da Enit no Brasil, "a moda é um dos principais produtos 'Made in Italy'". "Quem não sonha em ir à Itália fazer compras, visitar outlets? A Itália é o segundo país depois do Reino Unido em número de outlets na Europa", afirmou.   


Além disso, a culinária e a cultura estão sempre conectadas e são características marcantes do país. "Nos interessa falar do estilo de vida italiano, deste calor e também da solidariedade com os visitantes", disse a diretora de marketing digital da Enit em Roma, Roberta Milano.   


Segundo Longobardo, "tudo isso é ligado à gastronomia, ao turismo de arte, à cultura, ao bem-estar". "Na Itália é possível combinar vários produtos em um só. Você vai fazer várias experiências em apenas uma viagem", declarou.   


Para 2017, a Enit espera um aumento de pelo menos 20% no número de turistas brasileiros na Itália, em comparação ao ano passado.   


Os dados de 2016 ainda não foram finalizados, mas em 2015, o país recebeu 873 mil brasileiros, um aumento de 14,4% em relação a 2014.   


"Mesmo em tempos de crise, vimos o número de brasileiros embarcando para a Itália crescer e os gastos aumentarem. Agora, com todo o investimento que vamos fazer aqui, esperamos números ainda maiores", afirmou Milano, que também pretende impulsionar as redes sociais da agência.   


"A hashtag mais usada no mundo, em relação a destino, é #Italy, Vamos aproveitar isso", ressaltou a italiana, que está no Brasil para participar da WTM Latin America, maior feira de turismo e hotelaria do mundo.   


Os brasileiros e descendentes de italianos que vivem em todo o Brasil "têm uma fome de Itália que precisa ser expandida. Eles têm uma simpatia pelo jeito de viver dos italianos", finalizou o vice-cônsul Simone Panfili. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos