Apesar de ataque, Rússia quer manter 'linha direta' com EUA

NOVA YORK, 7 ABR (ANSA) - Apesar de reprovar o ataque contra a Síria, a Rússia ainda está disposta a manter uma "linha direta" com os Estados Unidos para prevenir colisões ou incidentes nos ataques aéreos feitos pelos dois países em território sírio, informam fontes do Pentágono. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos