Governo da Itália presta solidariedade às vítimas da Suécia

ROMA, 7 ABR (ANSA) - O presidente da Itália, Sergio Mattarella, enviou uma mensagem ao rei Carlos XVI Gustavo da Suécia para prestar solidariedade pelo ataque em Estocolmo realizado nesta sexta-feira (7).   

"A notícia sobre o ataque covarde que, há poucas horas, causou mortes e feridos no centro de Estocolmo desperta profunda tristeza e grande preocupação. Neste momento de dor para a Suécia, a Itália inteira presta condolências às famílias das vítimas", disse Mattarella.   

"A Suécia pode sempre contar com a colaboração da Itália, consciente de que só unidos podemos derrotar a violência desnecessária daqueles que atacam os nossos valores comuns de liberdade, tolerância e pluralismo. Neste espírito, sua Majestade, eu lhe ofereço condolências em nome de todos, renovando os sentimentos de solidariedade para o amigo povo sueco", finalizou o italiano. Por sua vez, o primeiro-ministro da Itália, Paolo Gentiloni, publicou uma mensagem em sua conta no Twitter expressando sua proximidade com a Suécia. "Com o coração e a mente em Estocolmo afetada pelo terrorismo. O governo e o povo sueco, hoje mais do que nunca, têm nossa amizade", escreveu.   

Nesta manhã, um caminhão atropelou pedestres em uma importante rua do centro de Estocolmo, na Suécia. Ao menos três pessoas morreram e várias ficaram feridas, segundos as autoridades suecas.   

O primeiro-ministro da Suécia, Stefan Lofven, afirmou que "tudo indica" que o incidente é "um atentado terrorista". Até o momento o autor do ataque está foragido. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos