Justiça da Itália proíbe serviço do aplicativo Uber Black

MILÃO, 7 ABR (ANSA) - O Tribunal de Roma ordenou nesta sexta-feira (7) o bloqueio dos serviços oferecidos pelo grupo Uber na Itália por concorrência desleal. A suspensão do serviço deve ocorrer em 10 dias e vale tanto para o Uber Black como para os serviços Uber-Lux, Uber-SUV, Uber-X, Uber-XL, UberSelect e UberVan. A decisão foi tomada após uma ação impetrada por um grupo de advogados que representam diversas associações de taxistas de Roma. Essa é a segunda vez que esse tipo de medida é tomada pela Justiça italiana. Em 2015, um tribunal de Milão e outro de Turim proibiram a circulação do app UberPop.   

Com a sentença anunciada hoje, o Tribunal de Roma informa que a "conduta de concorrência desleal" foi registrada e ainda determinou o pagamento de 10 mil euros para cada dia de falta de adequação às regras italianas. O Uber já informou que irá recorrer da decisão. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos