EUA envia navios militares para a costa da península coreana

NOVA YORK E PEQUIM, 9 ABR (ANSA) - Os Estados Unidos ordenaram que um porta-aviões - e os navios militares que o acompanham - se posicionassem na costa da península coreana, informa a mídia norte-americana neste domingo (9).   

O porta-aviões Carl Vinson está em águas orientais desde fevereiro, onde junto com a frota de destroyers Aegis, participou de atividades de rotina e treinamento marítimo nas águas do Mar das Filipinas, segundo um comunicado emitido pela Marinha em 18 de fevereiro. Agora, ele deve fazer um abastecimento em Cingapura e seguir em direção às Coreias.   

O movimento ocorre no momento em que o governo do ditador norte-coreano Kim Jong-un intensificou seus testes com mísseis e anunciou estar reforçando seus armamentos nucleares. Ontem (8), ao falar sobre o ataque dos EUA na Síria, Pyongyang afirmou que a ação "justificava" ter arsenal atômico para se defender dos norte-americanos. Desde que Donald Trump assumiu o governo dos EUA, a tensão entre as duas nações aumentou. O secretário de Estado, Rex Tillerson, chegou a dizer que se os norte-coreanos não parassem com os testes, a "opção militar" seria debatida.   

Em entrevista no fim da noite de sábado à emissora "ABC", no entanto, Tillerson afirmou que o governo Trump não quer fazer "uma mudança de regime" na Coreia do Norte. Segundo o secretário, os EUA querem a "desnuclearização" da península coreana, mas "sem o objetivo de mudar de regime" e de "não ter consciência sobre um plano" para matar Kim Jong-un. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos