EUA, Canadá e México lançam candidatura para Copa de 2026

NOVA YORK, 10 ABR (ANSA) - Os Estados Unidos, o Canadá e o México lançaram oficialmente nesta segunda-feira (10) sua candidatura para sediar a Copa do Mundo de 2026. Pela primeira vez, três países propõem fazer o Mundial de maneira conjunta.   


Durante o anúncio em Manhattan, os presidentes das três federações de futebol se disseram confiantes na candidatura - já que os europeus e os asiáticos não podem se candidatar por sediarem as duas próximas edições do evento, em 2018 na Rússia e em 2022 no Catar. A Fifa quer manter o "rodízio" de continentes sediando a competição.   


O anúncio ocorre em um momento de grande tensão política entre as três nações, já que o governo de Donald Trump quer construir um muro na fronteira entre EUA e México e ainda tem visões opostas da situação internacional com o líder do governo canadense, Justin Trudeau. No entanto, na esfera esportiva, o discurso é de união. Até hoje, a Copa do Mundo sempre foi sediada por apenas um país - com a exceção de 2002, quando Coreia do Sul e Japão realizaram o evento conjuntamente.   


Além de ser inédito haver uma possível sede tripla, o Mundial de 2026 será o primeiro com a modificações propostas e aprovadas pelo presidente Gianni Infantino. Serão 48 equipes na disputa, com uma espécie de "play-off" meses antes para definir as últimas vagas.   


Essa também é a primeira candidatura oficial para sediar o evento. Colômbia, Marrocos e uma Copa conjunta entre Austrália e Nova Zelândia já demonstraram interesse em ter o Mundial, mas não há apresentação oficial ainda. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos