Buffon prega 'humildade' após vitória sobre Barça

TURIM, 12 ABR (ANSA) - No dia seguinte à vitória por 3 a 0 sobre o Barcelona, que deixou a Juventus muito perto das semifinais da Liga dos Campeões da Europa, o goleiro e capitão Gianluigi Buffon pregou "humildade" e citou o exemplo do Paris Saint-Germain, eliminado pelo time catalão após ter aplicado uma goleada de 4 a 0.   


"É bom para nós que já tenha havido uma virada do Barcelona.   


Assim teremos as antenas ligadas e seremos humildes", declarou o arqueiro bianconero à emissora "Sky Sport". "Iremos sem salto alto. No futebol, há muitas viradas, como Milan e Liverpool, Deportivo e Milan. Após uma partida como essa, você volta para casa e suspeita que não terminou, o que diz bastante sobre o respeito que temos pelo Barcelona", acrescentou.   


Na jogo de volta, no Camp Nou, em 19 de abril, o Barça precisará devolver os 3 a 0 para levar o duelo para os pênaltis ou então fazer quatro gols de diferença. Se a Juve anotar um tento, os catalães precisarão marcar cinco.   


Contra o PSG, o Barcelona conseguiu ganhar de 6 a 1, com três gols nos minutos finais na partida, mas é consenso que a camisa da Velha Senhora é muito mais pesada que a da equipe francesa e que sua defesa está entre as melhores do mundo.   


"Conseguimos um grande resultado, algo histórico, fomos todos bem", afirmou o zagueiro Giorgio Chiellini, desfalque na final de 2015 entre os dois clubes e autor do terceiro gol na partida da última terça-feira (11).   


Apesar da cautela juventina, o clima na imprensa italiana é de euforia. "Juve fabulosa. Lição ao Barça", estampou em sua edição desta quarta-feira (12) o jornal esportivo "La Gazzetta dello Sport". Já o "Tutto Sport", sediado em Turim, exaltou o argentino Paulo Dybala, autor de dois gols no confronto. "Messi quem? O marciano é Dybala", escreveu o diário.   


O "Corriere dello Sport" não deixou por menos e chamou o jovem atacante de "novo Messi". "Uma grandíssima Juve encaminha a semifinal", disse o jornal. Na Catalunha, ainda se tenta entender o que aconteceu no Juventus Stadium. "Muito triste, muito grave", afirmou a manchete do diário "Mundo Deportivo", citando palavras do treinador Luis Enrique.   


Por sua vez, o "Sport" escreveu que o Barcelona fez outra partida "nefasta", sob o título "Crucificados". (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos