Passageiros entram em pânico no metrô de Nova York

NOVA YORK, 15 ABR (ANSA) - Usuários do sistema de metrô de Nova York entraram em pânico ontem (14) com um falso alarme de tiroteio e um curto circuito elétrico. Ao menos 16 pessoas ficaram feridas no tumulto, que ocorreu na estação Penn Station, em Manhattan. Um trem com 1,2 mil passageiros ficou parado por três horas em um túnel embaixo do rio Hudson devido a um blackout, ao mesmo tempo em que soou um falso alarme de tiroteio na Penn Station.As pessoas entraram em pânico e começaram a correr pelos trilhos e pela estação. O primeiro problema, o elétrico, ocorreu às 15h15 locais e obrigou a interrupção de um trem de New Jersey que ia para a Penn Station. A composição chegou à plataforma com três horas de atraso, em meio a outra situação caótica provocada pela equipe de segurança. Membros da equipe de segurança da companhia ferroviária Amtrak detiveram um homem com uma pistola elétrica Taser. Os passageiros, temendo o início de um tiroteio, saíram correndo desesperados e se pisoteando. A confusão fechou temporariamente a loja da Macy's que fica ao lado da estação. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos