Cidade italiana abre Domus e Palácio Episcopal ao público

UDINE, 17 ABR (ANSA) - Após muito tempo de espera, a cidade de Aquileia, na região do Friuli-Venezuia Giulia, abrirá para visitação o seu domus, residências usadas pelos antigos romanos, e o Palácio Episcopal, para aumentar ainda mais as propostas turísticas e culturais do local, reconhecido como Patrimônio da Humanidade da Unesco, a apaixonados por arqueologia e arte. Com os dois "novos" espaços, será possível fazer uma viagem mais completa no tempo admirando as belezas escondidas no coração da antiga Aquileia, como as estruturas do domus, que foi construído entre os séculos 1 e 2, e do palácio, que é do século 5.   


Essa abertura só foi possível graças ao histórico acordo para a gestão de áreas arqueológicas da Unesco que foi assinado em dezembro do ano passado entre o Ministério de Bens Culturais, o Mibact, e a Fundação Aquileia.   


Entre os resultados que já foram atingidos estão a recente conclusão dos trabalhos de restauração do Sepolcreto, necrópole constituída por cinco tumbas funerárias. O espaço agora conta com uma iluminação noturna que permite que a área possa ser visitada em todas as noites de junho, agosto e setembro. Além disso, também continuará até o mês de agosto a exposição "Made in Roma and Aquileia", que atualmente está no Palazzo Meizlik e que conta com 156 peças do Museu Arqueológico Nacional de Aquileia, além às 120 provenientes dos Mercados de Traiano de Roma. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos